agosto 22, 2006

O ser humano e o planeta em que vive

.

Somos um conjunto de organismos vivos nativos do planeta terra, somos homens primatas evoluídos dos macacos que acabou por dominar a vida na terra em termos demográficos, uma quantidade absurda de seres da nossa espécie habita o planeta terra e tem feito dele o que bem entende, sem realmente crer nas conseqüências.

O conhecimento que o ser humano obteve sobre o planeta em que vive chega à simples conclusão de que estamos no único planeta do nosso sistema solar capaz de nos abrigar da maneira ideal, e ainda assim, ele não o vê como deveria, como a sua terra natal, local de origem, a mãe que os pariu.

O ser humano polui o ar que respira, as águas que lhe vitaliza, destrói a terra que lhe serviu de berço, até o dia que só o fogo restar. Todas as ações dos seres da nossa espécie são sempre refletidas na ganância pelo simples pedaço de papel, como se isso fosse o salvar no dia em que o planeta terra entrar em colapso.

Pare para perceber a quantidade de lixo que é produzido e não é reciclado, enterra-se ele, gerando um câncer no nosso planeta. A quantidade de esgoto que é despejado nos rios e nas praias. O volume de poluentes derivados da produção e da queima de substâncias nocivas ao meio ambiente, que continuam a desenvolver sem a mínima preocupação. Até os outros animais e seres vivos que coexistem conosco no planeta são alvos da destruição do ser humano.

A nossa espécie é realmente um primata treinado para viver dentro de um sistema que o envolve com um objetivo egoísta, uma meta de manter viva as empresas enquanto gerações de seres humanos vem e vão, sem a preocupação de manter vivo o planeta.

Triste!

.

Um comentário:

Gaya disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.

Outras publicações