dezembro 27, 2005

Ponto geográfico no universo

.

Desde muito tempo (do tempo da terra) que um velho amigo me carimba a mente com o fato de nossa existência ser meros pontos geográficos no universo. Mas foi de um tempo para cá que eu me dei conta do fato.

Jupiter and Saturn, Oberon, Miranda and Titania...
...Neptune, Titan, stars can frighten...


Nos próximos dias serei um ponto geográfico universal à beira dos oceanos terrestres!

.

dezembro 14, 2005

Labirinto de situações problemáticas

.

Depois que o ser humano começa a encarar responsabilidades, desde notas escolares à dívidas financeiras, ele passa os dias de sua vida pensando em como resolver seus problemas.

No momento em que abre os olhos pela manhã, os seus pensamentos começam a calcular as melhores soluções para os problemas do dia. A mente começa com 10% a 30% dos problemas resolvidos, as soluções são ações diárias que ao serem realizadas a porcentagem vai melhorando.

Algumas vezes é possível alcançar 90% dos problemas resolvidos, mas todo e qualquer meio de informação pode gerar problemas, só é preciso o celular ou o telefone tocar para receber um novo pacote de problemas.

E assim os dias vão passando, somos os computadores da máquina capitalista, tudo envolve o giro do capital, e os problemas sempre sobram para os mais fracos, o negócio é saber encarar os problemas e fazer a porcentagem chegar acima dos 90% seja como for, alguns chutam os baldes e se desconectam outros se entregam e sobrecarregam até travar.

Agora eu estou com 60% dos meus problemas resolvidos... de forma otimista!


.

novembro 29, 2005

Torres de Babel

.

No topo das duas torres havia o tesouro de uma nação, um pedaço de terra demarcado.

Uma riqueza enorme, do tipo que não para. A que cresce... cresce... e não há porque parar de crescer.

As suas torres babilônicas estavam alí, em pé mostrando uma conquista para cada olho.

Mas esqueceram de dividir, eles queriam que todos fossem viciados em suas riquezas, que vivessem pensando em como viver com ela.

Poucos sabiam, mas essa reação é o coração das riquezas babilônicas, que pulsava na inveja e ganância.

Certo dia, dois lindos pássaros prateados, cegos pela insanidade dos sistemas que lhe rodeiam, desejaram acabar com aquela ilusão.

Ilusão? Que ilusão? Tá pirando cara?

.

novembro 27, 2005

Domingo vs. tempo

.

Eu particularmente não sou fã de Domingos, adoro o sábado e as sextas feiras, mas os domingos são muito estressantes. É um fato inegável de que o dia seguinte é a maldita segunda-feira, o famoso dia de caça ao capital, onde a maioria tem que acordar e ir fazer coisas das quais não gosta de fazer.

Esse fato é que me incomoda tanto no domingo, pois a única coisa que separa um dia do outro é o tempo e esse nunca para, não dá a mínima para quem depende dele e quem não conseguir aproveita-lo será entregue à segunda.

AHH MALDITO SISTEMA DE TEMPO!

...as vezes eu consigo entender a razão dos loucos. Seguir as regras de alguém é sempre desafiante para se fazer desde o nascimento até a morte... que também odeia o tempo e raramente se aplica a ele!

.

novembro 16, 2005

Vinícius

.

Para você, o que parece ser mais interessante?

- É Melhor viver e ser feliz
ou
- É Melhor viver do que ser feliz

Essa questão me chamou atenção após ver o longa metragem sobre o Vinícius de Moraes, que falou algo sobre a primeira frase ser uma adaptação americana da segunda frase que é do Vinícius.

Em primeiro momento eu achei a primeira frase mais interessante, parece mais completa, mas foi quando eu me questionei o por que e o talvez, e entendi o ponto de vista de ambos. E particularmente eu preferi a do brasileiro.

Realmente é muito melhor viver do que ser feliz, pois o que se cobiça no mundo é a felicidade, uma busca ininterrupta a QUALQUER CU$TO. É nesse ponto que entra o consumismo, que aproveita essa necessidade para tentar te convencer de que a felicidade pode ser adquirida, já que o ideal é viver e ser feliz, se você não é feliz quem sabe se tiver uma casa na praia, um iate a beira mar e um carro luxuoso você consegue ser feliz...

Prefiro viver, sem medo ou sem busca pela felicidade, apenas viver, deixe que a felicidade venha por meio da vida, quando não há busca, não há expectativa, quando vier será bem vinda e visitará com mais freqüência, sem decepções.

É melhor viver do que ser feliz.

.

novembro 10, 2005

Sonhos

.

O poder que a mente exerce sobre nossas vidas é realmente impressionante, não pelo fato dela comandar o corpo e sim a capacidade de imaginação, de poder ver o que ainda não existe e dar ao ser o sentimento de esperança.

Sonhos, esperanças, imaginação, criatividade, são palavras que nos remete a bons pensamentos, mas ao mesmo tempo, no mundo tão mecânico e científico da atualidade eles parecem ser apenas mero detalhe.

Ainda dou graças em poder sonhar e imaginar, sou livre nisso. Consigo ver maravilhas para a vida no mundo, mas é difícil crer, porque somos iludidos a ser mais um no mundo.

Acorde para cuspir e vá trabalhar, a palavra da consciência social atual cospe isso na cara de cada novo explorador da vida na sociedade. Caras feias, verrugas estranhas, corpos agitados e mentes ambiciosas procuram o dinheiro... MONEY, MONEY, MONEY.

A minha esperança é ligar os fatos do passado, com os acontecimentos do presente e tentar imaginar um próspero futuro, um sonho, uma esperança. As coisas que acontecem diariamente em nossas vidas podem mudar o rumo da mesma e nem sempre levamos a sério os caminhos que podem ser trilhados.

As engrenagens da minha vida me mostram caminhos interessantes, como os sonhados, mas nem sempre a realidade nos encara amigavelmente.

Seria a esperança de simples sonhos uma ilusão frente à realidade? Só o tempo pode dizer, esse que parece ser tão logo e ao mesmo tempo tão curto.

.

outubro 21, 2005

Dias de sol

.

Sabe quando foi que vi o sol tão forte como nos dias de hoje? Em agosto de 2004, quando cheguei em Portugal e peguei o final do verão de Lagos, e vou lhe ser sincero, era muito forte e abafado, lembro-me de trabalhar com ele na cuca e era osso duro, pelo menos tinha o mar para refrescar (quando conseguia fugir tirar um intervalo).

Depois disso foi o outono e o inverno bem rigorosos, diversos textos daqui retratam bem o que foi essa dura realidade de ossos doloridos, uma forte razão para ter ido embora.

Porém, quando cheguei aqui, no meu lindo Brasil, peguei o início do Outono e do inverno também, ou seja, FRIO! Mas não tão frio como na terra dos colonizadores.

Hoje, depois de mais de um ano, revejo o velho e amigo sol de verão do Brasil, aquele que me acompanhou durante horas dentro do mar de Salvador. É bom vê-lo novamente, por mais que ele me frite, eu sinto amor por ele.

Jah Sol está no céu mais uma vez!

.

outubro 03, 2005

O Futuro (.!?)

.

O objetivo em vida é aproveitar a cachoeira do tempo, é saber banhar-se em minutos, horas e segundos.

Beba do tempo, seja o tempo, aproveite o presente para ele se tornar um passado de boas lembranças.

Bole o seu futuro, planeje o pulo no tempo, faça a sua vida se tornar um albúm completo e repleto de boas felicidades.

Tempos passados e banhados na tristeza não se tornam eternos, somente o bom sorriso lhe tráz a imortalidade, a senhora do futuro.

.

setembro 26, 2005

A Crucificação

.

O osso é quebrado no ato da crucificação, a dor que inunda o corpo fere o coração na forma como se sente.

A mente trabalha inquietamente para encontrar o resultado emocional no acontecimento, e o coração chora.

A vida é muito mais do que isso aqui, então porque estou(amos) aqui? Foda-se, não quero isso pra mim!

...da série "vida no escritório".

.

setembro 16, 2005

Felicidade?

.

Outro dia eu estava lendo umas publicações na comunidade "Devaneios da Mente" no Orkut e tinha um tópico que questionava a existência da Felicidade, se ela era real ou apenas uma ilusão da mente humana.

Para mim a felicidade existe como um estado mental, mais fácil de se atingir quando se é criança e vai ficando mais difícil a medida que crescemos e descobrimos as verdades da realidade. Mas no fundo, a questão que permaneceu em minha mente foi:

"Quando e como EU atinjo minha meu estado de felicidade?"

Depois de refletir sobre as experiências de alguns dias cheguei a uma conclusão simples de como eu consigo encontrar a felicidade nos dias de hoje.

Eu encontro felicidade quando consigo aproveitar o meu tempo de maneira positiva.

Vou exemplificar em tópicos de algumas experiências que me trazem felicidade e tristeza.

Felicidade:
- Gastar cada hora do dia com coisas que me agradam como criar e tocar músicas, estar com minha namorada e/ou com os amigos, curtir momentos de qualidade com a família, etc.

- Conseguir resolver os desafios de trabalho dentro do tempo que eu determino.

Tristeza:
- Passar o tempo fazendo coisas chatas em um lugar que me perturba por pura obrigação.

- Ficar sem fazer nada em lugares que me incomodam.

Eu sei que ainda existem variáveis a serem analisadas, como "fazer coisas chatas", "lugares que me incomodam", "desafios de trabalho" e "etc.", mas são coisas/situações que eu posso classificar sem precisar explicar.

No fundo, eu percebi que o tempo é vital na sociedade em que estou inserido, e vejo que a frase "Time is the master", do Dub side of the moon, é real e fico um pouco triste em perceber que fico preso ao tempo. Mas há uma maneira de não estar?

.

setembro 11, 2005

A Sacada

.

Foi uma sacada... assim que bati o olho eu percebi o meu destino dentro do quarto.

Estive a rever fotografias e lembrei-me dos bons momentos. O som em meus ouvidos, novas nuvens junto com as velhas estrelas do céu. A lua de vez em quase sempre me acompanhava nos devaneios mentais da noite.

O primeiro contato visual surgiu em mim diversas dúvidas, afinal eu tinha acabado de sair da batcaverna. O contato físico foi realizado com técnicas ninjas e muita nóia on the head.

O tempo me ajudou a evoluir, desenvolver o meu ambiente, harmoniza-lo e nele eu tive momentos no tempo, tempos de reflexão, de novas idéias e criações, ao lado de belas plantas que me acariciavam a percepção da sua existência como vida.

Grilos e vida noturna.

Boas noites.

.

setembro 04, 2005

Carbono

.

Engraçado como o ser humano vive... simples organismos vivos a base de carbono possuidores de um órgão de alta capacidade de processamento, que analisa tudo ao redor.

Mas no fundo de toda essa excelência geniosa da evolução de um átomo, o seu único objetivo em funcionamento é sobreviver, existir e manter-se dessa forma.

Ao nascer, o ser humano é um ser vivo novo, sua existência é a conseqüência dos acontecimentos dentro do tempo.






Viu? O tempo existe. Esse fato é decorrente do sentimento de estar vivo e de concluir estar nessa forma e de certa forma acreditar nisso. Afinal, tudo não passa de mapas mentais que não se cansam de resolver equações que o desenvolvem evolutivamente em busca de...

Se eu falar 42 para você faria algum sentido?

Tudo faz parte do crescimento, da evolução dentro do tempo. Experimentar é desenvolver equações que utilizam dos acontecimentos para achar respostas para perguntas que não trazem sentidos imediatos, mas contribuem para tentar entender o objetivo principal:

Sobreviver.

Eu estou vivo a 25 anos, sei que a existência do ambiente em que estou é fato a uma quantidade de tempo tão magnânima que me torno desprezível, mas não sei a quantidade dessa variável que eu terei.

Esse fato é que comove o ser humano a ser evolutivo. A mente, a existência pensante do ser humano, o processador de sinais sensoriais, sabe que sua atividade é viver, conhece através de experiências que há limite nisso e que essa existência não é eterna, não existe em conjunto com o tempo de modo infinito.

Do macaco nós evoluímos para um ser que é capaz de acumular conhecimentos, conclusões de experiências vividas ao decorrer do tempo, algo que o ser humano consegue imortalizar se for de interesse próprio.

O que sabemos hoje é decorrente do interesse dos próprios humanos, podemos nos constituir dessas conclusões, sejam elas diretas (aceitada sem pré e/ou pós-julgamento) ou indiretas (Pré e/ou pós-julgada).

Durante tantos anos de evolução do ser humano, vivenciado por mim durante 25 anos e existente por um tempo inclassificável, vejo a existência de uma atualidade onde criações humanas tomam vida e interferem nas vidas dos seus criadores.

Essas criações querem convencer os seus criadores de algo, de um estilo de viver, de rotinas de vida, padrões que apenas os classificam com baterias descarregáveis de ilusões que, baseadas no objetivo primitivo de sobrevivência, constroem a imortalidade do ideal mais forte, aquele luta para estar no topo da cadeia do ciclo, e assim tentar permanecer lá para evoluir, sobreviver e ser assim durante toda a existência do tempo. Acredite, as corporações querem te convencer de algo, no fundo elas querem se tornar imortais e usar você para que isso aconteça.

Sua existência é resultado do que você aceita, do que você aprende, do que você faz e vivencia. Antes de realizar, raciocine e conclua, pois todos querem e tentarão sempre te convencer, fazer com que você aceite o que a maioria aceita por ser automatizado a isso.

.

agosto 27, 2005

Tem coisas que nunca mudam

.

Lembro-me das pessoas no meu ouvido, falando para instalar as versões novas do MSN, é tudo tão bonitinho, afinal de contas, o mundo é feito de estúpidos usuários de computadores que aceitam a facilidade sem questionar a eficácia, mas fazer o que? É por isso que a Microsoft é milionária, é por isso que Bill Gates leva torta na cara de tempos em tempos!

Eu sempre fui contra essa porcaria do MSN, mas fazer o que, TODO mundo só usa essa merda, meu ICQ estava tão vazio que não tinha nem porque usar ele, tive que usar essa MERDA DE MSN se eu tivesse a intenção de me comunicar na internet.

Foi quando aceitei atualizar meu MSN, no que deu? PAU!!! Não conseguia mandar mensagens, ninguém recebia, só o tempo que me ajudou a resolver essa MERDA! Beleza, finalmente um MSN funcionando para eu usar.

Hoje eu recebo a mensagem "Há uma nova versão disponível". Minha mente na mesma hora me indica: NÃO CAIA NESSA! Mas eu SOU MUITO BURRO!

Instalei a porcaria, no que deu?

NÃO FUNCIONA!!! TOMAR NO *Ú PARA ESSA *ORRA!!!

Afinal, com softwares o máximo que podemos fazer é xingar, pq se fosse um equipamento, gratuito, eu teria prazer em pegar um martelo e quebrar ele inteiro e enviar por correio para o Bill Gates FILHA DA PUTA!

.

agosto 23, 2005

Cá estou eu novamente

.

Não tem jeito né? Depois de um ano fora dessa vida de vendido, cá estou eu novamente biding my time for a small change!

I'm wasting my time...
I'm wasting my mind...


.

agosto 05, 2005

Uma simples bolha viajante

.

Aproximo-me da janela para apreciar, de posse da paz divina, o céu azul.

Olho para o lado e vejo uma viajante bolha de sabão navegar o ambiente livre.

O seu reflexo expressava uma alegria, como se houvesse reconhecimento da felicidade própria.

Sua energia cintilante teve fim quando a inocente brisa jogou a leve bolha contra o concreto do arranha céu.

Ao nível da rua havia uma criança a perseguir com os olhos outras bolhas que tomavam o céu, as mesmas bolhas que estavam ao seu lado segundos antes.

...como gostaria de poder voar...

.

Gostei desse ponto de vista

.

Comentário feito por Simone em um dos meus blogs a respeito do conceito sobre a mente livre.

"Existe realmente essa necessidade de ver a vida e realmente enxerga-la, agussar os sentidos, já que eles se perdem muitas vezes pela automaticidade que se tornou a vida. A mente é a unica coisa no ser que realmente pode ser livre, mesmo carregando todos os pré conceitos caracteristicos da nossa limitada especie. É uma iniciativa honravel fazer com que as pessoas lembrem-se de que podem ser livres.. ainda isso .. ao menos isso."

.

agosto 01, 2005

Sr. Waters

.

Estou tão viciado em Pink Floyd que essa noite eu sonhei que estava trabalhando num bar em Londres e servi uma cerveja para o Sr. Roger Waters, que trocou uma idéia bacana comigo!

.

julho 25, 2005

Mais um segunda

.

Acostumado pela cultura mundial das segundas-feiras serem feitas para dedicar-se ao fator produtivo, hoje interpreto a minha segunda de forma diferente, não por escolha própria e sim pela aleatoriedade das estranhas situações e acontecimentos do habitat, o ambiente vasto ao meu redor.

Sinto a diferença na percepção visual e auditiva, algo de estranho no dia me chamou a atenção para as cores e o sentimento na pele do tempo passando sem me tocar de forma amarga... ...ainda!

.

julho 15, 2005

Começa o dia

.

O dia começa depois da última nota de
ATOM HEART MOTHER...

...antes da primeira nota de ECHOES.

Vai passando o TEMPO durante as NOVE
partes de SHINE ON YOU CRAZY DIAMOND.

.

julho 06, 2005

Ser honesto

.

Todos que seguem a honestidade, um dia encara a dúvida a respeito da verdade sobre ela. É impressionante como essas ações de boa fé são sempre motivos para que outras pessoas possam tomar proveito e tentar extrair o máximo possível dessa bondade honesta, sejam pessoas, produtos ou empresas.

Por isso ando a me questionar se o que vale a pena mesmo é jogar na mesma moeda ou continuar a ser prejudicado pela esperteza dos que aproveitam dos honestos. Já não vejo tanta paixão em ser eticamente correto. O ambiente cheio de lobos anda a beslicar pedaços cada vez maiores de mim, acho que vou jogar na mesma moeda pelo menos uma vez, só para remendar as feridas abertas... fazer de um dia, o dia da caça!

.

junho 29, 2005

junho 22, 2005

Live 8

Sem dúvida alguma esse será um momento marcante na história, onde as pessoas terão a chance de alcançar algo fenômenal e exigir que os oito países líderes do G8 perdoem a dívida da Africa e acabem com a pobreza desse povo.

Os líderes do G8 terão em suas mãos o poder de alterar a história, terão apenas que fazer. E as milhares de pessoas do mundo inteiro mostrar a eles que já basta!

Serão festivais com as maiores bandas do mundo em diversos países diferentes.

O que mais me chamou a atenção foi o Pink Floyd participar com sua formação anterior, com Roger Waters no vocal e contra-baixo.

Eu farei o que for preciso para gravar esse show!

.

A pequena bola

.

Marcelo H. - LIVE8! Eu preciso IIIRRR!! says:
Existia uma vez uma bolinha, que viva isolada em uma sala fechada.
Marcelo H. - LIVE8! Eu preciso IIIRRR!! says:
Lá ela viveu os melhores momentos de sua vida. Pôde apreciar a lua, a chuva e os ventos que estavam do lado de fora da janela!
Marcelo H. - LIVE8! Eu preciso IIIRRR!! says:
Até que um dia um rapaz abriu e fechou a porta entrando na sala e a tranca novamente.
Marcelo H. - LIVE8! Eu preciso IIIRRR!! says:
Olhou o ambiente e só conseguiu notar a pequena bola sintilante o fitar
Marcelo H. - LIVE8! Eu preciso IIIRRR!! says:
Pegou-a do chão, abriu a janela e com toda sua força isolou-a em direção ao mato virgem gritando!!!
Marcelo H. - LIVE8! Eu preciso IIIRRR!! says:
"SEJA LIVRE DESSE MUNDO CRUEL!!!!"

.

junho 06, 2005

Conclusão do dia

.

É bom estar de volta!

.

Os anos que passam...

.

6 do 6. Essa é a minha data e 1980 o ano.

São 25 anos de uma excelente vida, repleta de boas lembranças, experiências e conclusões evolutivas.

Gosto de viver minha vida, observar a existência da energia ao meu redor e a forma como a vida está em tudo. O homem, mentes dotadas de corpo, cria e constrói sua arte, o perfeito reflexo de suas experiências. Por isso passo a vida pensando, gosto de utilizar as minhas experiências de vida como fonte de raciocínio, pois conclusões bem raciocinadas são guias na vida.

Na minha existência eu observo e analiso tudo, e minha eterna questão é saber onde a humanidade vai chegar com os ideais atuais, pois eu acho bastante estranho e desproporcional a forma como a vida na terra se tornou superficial e ilusória, o ser humano prefere seguir condutas egoístas à simplicidade da bondade.

Gosto de ser como sou, sou a favor da interação raciocinada, usar as conclusões guias para me relacionar com outros seres humanos com quem crio ligações, desde simples trocas de olhares a relacionamentos intensos. Procuro adotar sempre a bondade como base para a complexa estrutura de experiências que o tempo desenvolve.

Viu? O tempo é vital, por isso comemoramos os anos que vivemos.

Sentiu a distorção da humanidade? O tempo é vital e o ser humano sistematiza ele.

...e ainda dizem que vida é complicada...

.

maio 30, 2005

Futuro

.

Um amigo uma vez me falou do destino da vida na terra:

Máquinas X Espíritos

.

maio 22, 2005

Segunda

.

E assim começa mais uma temporada de caça ao capital. Sem limite o homem se esforça para arrecadar a maior quantidade possível de moedas capitais.

.

maio 19, 2005

Retrospectivar

.

Lembro-me sempre dos dias em que dormia em sofa-cama e vivia somente eu e minha mente. Desses dias lembro de estar sempre em belíssimos lugares, porém sozinho.

Nesses momentos eu daria tudo para estar de volta, eu sonhava com a possibilidade de viver novamente a minha vida, na compania do amor e da amizade das pessoas de quem gosto.

Hoje vivo o que sonhava até mesmo antes de me aventurar em terras distântes. Vivo a liberdade de resolver o que faço do meu tempo. Dessa vez ele é meu!

Com o tempo a meu favor eu gosto de aproveita-lo, seja para dormir um pouco mais para terminar as aventuras da minha mente, para trabalhar com o que gosto e/ou PRINCIPALMENTE encontrar os amigos e o amor da minha vida.

O dia tem apenas 24 horas! Gosto de aproveitar bem eles somados...

.

abril 28, 2005

A maldição

.

Maldito seja a economia internacional
que burla as leis da condição humana
e dislacera fatias de carne de homem
para alimentar seus poodles famintos
pelo sangue.

Malditos sejam os banqueiros que alimentam
seus potentes cavalos de aço, embelezam
a pele de maracujá de suas mulheres
estúpidas e ainda chutam com botina
de metal a face de pobres que fazem do
seu suor a tentativa de sobrevivência
diária.

Bendito sejam todos que tentam ser feliz
ao custo do amor e tentam rebater a
tristeza com revoluções utópicas que
dopam mentes.

.

abril 23, 2005

Loader

.

Caminhante autêntico carregador nato
de tudo que possa lhe oferecer
positividade na vida.

Boas companhias o cercam a todo
momento lhe garantindo a
felicidade.

Pelo tempo de chinelo ele caminha
com o sorriso no rosto e boas
idéias na cabeça.

.

abril 14, 2005

Dias mais longes...

.

Vivo dias mais longos ultimamente,
mais longes de um fim.

Ás 6:30am levanto sonâmbulamente
para enfrentar uma corrida maluca
de ida e volta.

Sento e trabalho o atrapalhado
momento em energia, fruto humano
de que dependemos com unhas e
dentes.

Vejo o sol atravessar o céu. Em
contato com os ventos que sompram
eu sinto o tempo passar.

Tardes onde o azul vai mudando de
cor até ficar preto iluminado por
pontos de brilho intenso.

De costas para a janela o som da
folha única gigante (1Giant Leap)
penetra diretamente em minha
mente.

.

abril 11, 2005

Webdev

.

Eu olho para o photoshop e vejo tudo bonitinho.

Abro o Dreamweaver e logo minha mente se separa
em diversos caminhos e maneiras.

Overload de processamentos que resultam numa
preguiça descomunal!!

.

Caminho à cachoeira

.

Sábado pela manhã fui na cachoeira da codorna com o amigo explorador. De carro fomos até sua entrada e lá encontramos algo bastante estranho. A estrada principal que levava até o outro lado da montanha tinha desaparecido, lá se tornou da noite para o dia (tudo bem... a última visita foi no ano passado!) um sítio gigantesco, e nele não havia estrada alguma que levasse até o outro lado da montanha, digo isso porque cheguei a enfiar meu carro até o meio de uma das plantações e até mesmo um bom rally para atravessar o fundo do sítio! Minha única saída era realmente sair da propriedade particular (ENTRADA PROIBIDA) e tentar encontrar a realidade daquele momento... Cadê a estrada que tinha aqui??

De frente para a entrada do sítio, a beira da estrada, vejo ainda outros dois carros repetirem o que fiz em sentidos aleatório destruindo as plantações, já que um terreno era cheio de árvores e agora se tornara um campo aberto com plantações de grama nova.

A solução teria que vim de algum lugar, e no rádio Sine Calmon e Morrão Fumegante cantam "O rio Jordão eu atravessarei". O que nos impedia de atravessar o campo aberto e seguir diante era o carro, pois o terreno ao redor do campo era uma chacina de árvores e terra revirada, mas no fundo era possível ver uma estrada.

Peguei a estrada e fui embora, tinha que deixar o carro em algum lugar e vai ser lá no Alphaville mesmo, um condomínio de pessoas muito bem afortunas e com um esquema de segurança muito forte, o que pode me deixar bastante tranqüilo com relação à segurança do carro. A entrada do sítio fica a 2km dali, arrumei para levar comigo a Sonora, minha viola querida, um telefone celular, intercomunicadores galácticos e uma água. Tranquei o carro e começamos a caminhar.

Chegamos na frente do sítio e damos de cara com a cancela fechada, pular seria perigoso, pois havia uma placa gigante com PROPRIEDADE PARTICULAR PROIBIDO A ENTRADA na nossa cara. O jeito foi contornar o terreno até encontrar um lugar mais tranqüilo para entrar. A poucos metros da entrada havia um trator com um maquinista abrindo ainda mais caminho pelo terreno, onde não havia nem cerca mais.

Ao passar por trás do trator me comuniquei com o maquinista e lhe perguntei onde foi parar a estrada que existia naquele local. Ele foi direto ao dizer que a estrada que tinha aqui tinha "acabado", que o dono do lugar iria trancar o terreno e ninguém poderia passar por lá. Como assim? E o caminho para a cachoeira e para outros lugares que havia ali? Foi quando ele me falou que existia outra estrada que levava até lá, que ficava atrás da montanha, ela tem uma outra entrada mais à frente da rodovia. Bem, então é só seguir reto aqui e foi nessa direção que caminhos.

Ao chegar no fim do terreno encontramos diversas árvores completamente dilaceradas, com raízes volumosas viradas para o céu. O chão era uma lamaceira inteiramente seca e extremamente acidentada, só mesmo um jipão animal para passar por ali!

Cenas horríveis, é realmente revoltante ver milhares de vidas centenárias serem condenadas a morte pela força do dinheiro do homem, que invade a casa delas com a morte sem qualquer forma de paz.

Atravessamos até a estrada que havia logo no final da montanha e seguimos mais ou menos 12km até a ponte, onde se segue pelas encostas do Ribeirão Marinho algo mais do que 500m a 1kim. E lá está ela, a Cachoeira do poção, conhecida como Codorna. Linda como sempre, porém dessa vez com a água turva de barro.

Lá se encontravam umas sete pessoas além de mim e do explorador, por isso nós seguimos para o início da cachoeira, após escalar até o topo da pedra, pular as falhas nas pedras, atravessar a correnteza que gera a cachoeira e enfrentar água acima do joelho para chegarmos até onde é possível alcançar a pé, na pedra mágica. Foi na pedra mágica que a banda Gertrudes fez sua despedida para minha viagem a Tuga e lá estávamos nós curtindo um som gertrudiano na Sonora.

O sol fritava as costas e os miolos mesmo com a água turva o clima pedia um mergulho e foi o que fiz. Foi como esperei que estivesse, bastante gelada, mas pra quem já surfou em mares com menos de 5 graus, aquela água estava muito boa, o difícil era agüentar a correnteza sem conseguir alcançar e ver o fundo. Fiquei poucos minutos.

Depois de ficar ali por mais ou menos duas horas tocando viola e viajando na beleza e na energia linda e positiva que toda aquela natureza viva e ativa nos emanava, nós resolvemos voltar, já que ainda tínhamos os outros mais ou menos 12km para frente, com um pequeno detalhe:

Caminhar à cachoeira todo santo ajuda
Para voltar é baixar a cabeça e subir.

Já fiz essa caminhada outras duas vezes com o mesmo amigo, na primeira vez ficamos completamente destruídos na volta, já nas duas últimas obtivemos um bom desempenho na velocidade média, tempo e condicionamento físico melhores, mas ainda assim é a parte da caminhada que mais destrói com o corpo. Os músculos da sola da ponta dos pés ficam como carne moída, causando dores nos ossos do pé, as batatas e as pernas já não se conseguem sentir e os joelhos são exigidos ao máximo, o que me deixa até preocupado.

Mas conseguimos voltar até a rodovia sem problema algum, problema foi entrar na padaria todo sujo de barro e suado, mas nada iria me impedir de comprar meu tão sonhado picolé limão com uma sprite gelada!

Essa intervenção humana foi horrível por tirado a vida de milhões de árvores e seres vivos que ali existiam, mas por outro lado é interessante por que consegue diminuir as visitas freqüentes e "populosas" que começaram a acontecer na cachoeira. Eu digo isso porque já tive uma experiência estranha diante de uma família inteira com direito a sogra e babá no ano passado.


.

abril 07, 2005

Para isso é irreal

.

Será que tudo não passa de
irrealidade programada para
acontecer?

Se tudo passa nada fica para
sempre e para frente só o
que pode acontecer?

.

março 29, 2005

Vai e volta...

.

Nesse vai e volta os meus sentimentos ocilam para cima e para baixo de acordo com as experiências aleatórias.

E o kiko?

.

março 17, 2005

É o dinheiro não é?

.

Sabe porque o mundo anda em direção a um caos?

Porque o dinheiro comanda.

SEM DÚVIDA ALGUMA

O que você faria por dinheiro? Daria seu sangue todos os dias da semana para no final de um período receber 0,1% do que a pessoa que te chamou para fazer isso ganha?

Para precisar desse dinheiro para o resto da vida?

E quando não há dinheiro envolvido, o que você faz?

O que você prefere fazer? O que lhe da mais alegria? Dar seu sangue pelo dinheiro ou pelo amor, amizade, relacionamento? Será então que há algo de errado conosco, ou comigo?

Pq eu falo com sinceridade. Eu gosto de dar meu sangue para estar cercado de amor,amizade, respeito, consideração... sem envolver o dinheiro, pq mesmo sabendo que a porcaria do dinheiro MANDA NO MUNDO DE HOJE, eu ainda prefiro me iludir e manter o amor como o que manda no meu sistema.

Por enquanto eu ainda tenho isso em mente... mas sabe como é... somos apenas mosquinhas no mundo onde poucas pessoas tem o poder de nos esmagar em todas as maneiras possíveis.

Ahhhh... esqueci que existem as pessoas que pensam assim:

"Enquanto as pessoas choram dominadas pela tristeza, sempre existirão as outras que $vendem$ lenços de papel."

.

fevereiro 21, 2005

Out of here

.

Os pequenos traços de arrependimento
foram dizimados pela cabeça reclamante
que ressurgiu da inexistencia
momentânea.

.

fevereiro 17, 2005

Zion Train

.

Vou atras do trem de Zion,
onde o som do reggae reina
e me leva onde as energias
sao suaves e positivas.

.

fevereiro 16, 2005

Fórmula do pulo dos dias

.

(Horas do dia - Horas de sono x Y) / 24 = Y - X

ONDE:

. Y = 17 - Z
. Z = Número de dias após o dia de hoje
. X = Número de dias possíveis de serem
pulados até o destino final

Essa fórmula revela boa interpretações.
Deixe a sua...

.

fevereiro 03, 2005

Is all about money?

.

A questão é o dinheiro mesmo. É só ele que me faz estar aqui, aguentar todas as dificuldades, as chatices...

MERDE!

.

Minha integridade

.

Ontem acabei ficando muito fora do normal... acabei sendo quem não costumo ser. Foi tudo da boca pra fora mesmo!

Mas que a velhota é louca, isso é verdade!

.

fevereiro 02, 2005

MINHA INSANIDADE POOORRAAAA!

.

Hoje a minha insanidade social foi alcançada. Social porque foram as pessoas que me rodeiam que me trouxeram ela.

Acordei com o celular tocando, era do clube, a garota estava passando mal e não estava apta para trabalhar. Então tive que correr para fazer o que tinha de fazer antes de ir trabalhar e fui para o clube as 10 horas da manhã.

Sozinho, recebi um pedido para AJUDAR a montar um computador... minha mente dificilmente recusa pedidos de ajuda e fui de coração aberto para lá. Deixei o clube por alguns minutos e montei o computador...

- Obrigado
- Não a de que...

Afinal, para quem comprou uma máquina de mais de 4.000 reais não se importaria de gratificar-me pela minha ajuda, assim estaria me ajundando também... mas isso não passou pela cabeça deles, já que o computador estava alí funcinando a todo vapor!

O tempo passa, o frio castiga meu corpo acostumado pelo calor e fico olhando pessoas, diferentes fisicamentes, identicas ao se expressar e ser.

Tempo passa... horas e horas... frio passa, corta!

Ignorância comanda a boca das pessoas que passam e acham que meu ouvido é um reclamatório... ouço negatividades contínuas.

O que eu tenho a ver com isso? NADA!
Porque escuto isso? Pq está na frente delas!

HORAS... HORAS... HORAS...

Para terminar a MALUCA INSANA... que outro dia me fez espera-la depois do final do meu expediente, depois de fazer descontos e adiamentos nos seus pagamentos, está aqui... ESPERANDO NÃO SEI O QUE.... VÁ EMBORA SUA VELHA PUTA.... SAIA DA MINHA FRENTE, ANTES QUE EU LHE ARRANQUE A PORRA DO PESCOÇO...

E CALEM TODOS A SUAS BOCAS QUE EU NÃO DOU A MÍNIMA SE A ÁGUA ESTÁ FRIA BANDO DE FILHAS DA PUTA!

Estou insano... furiamente insano, capaz de ser uma pessoa completamente diferente do meu costume. Então por favor, mantenha distância por questões saudáveis, pelo menos até o dia de hoje terminar

.

fevereiro 01, 2005

janeiro 31, 2005

Instante

.

Minhas pernas apertam a cadeira, os pés balançam sem parar, as mãos muito geladas estão sempre em movimento.

Escuto programas retardados na TV e olho para o lado sempre que a porta se abre para ver caras de pessoas estranhas que me julgam um estranho.

O coração bate forte por uma vontade praticamente impossível, pois a mente controla o corpo que se contém ao limite para dar as costas.

A cabeça está longe... bem longe, kilometros de distância, só vem me visitar quando se depara diante de algo que valha a pena.

A garrafa já transbordou e continua a derramar de tão cheia, molhando tudo!

Calma... não saia correndo ainda, tenha pelo menos um pouco mais de paciência... mensurada em milésimos de segundos.

.

Na Cachola

.

Verei apenas o mar por muitas horas novamente!

.

janeiro 19, 2005

Sozinho em Portugal

.

Meu tio, com quem eu vivo aqui em Portugal, partiu hoje para o Brasil, foi passar 20 dias em Salvador e eu fiquei aqui... sozinho!

Nessas três ultimas semanas tenho me aventurado ao mar para deslisar nas mais perfeitas ondas. Há ondas grandes, fortes, cavadas, malvadas, pequeninas, veloses, tubulares, gordinhas... e praias de todos os tipos, com fundo de areia, fundo de pedras, fundo de corais, praias pequenas, grandes, extensas... é só procurar onde as ondas estão rolando para correr atrás e relaxar com o surf.

Tudo bem que a água é uma verdadeira água de geladeira, mas em nome do surf enfrento meu pé virar uma pedra de gelo!

Vamos ver daqui pra frente onde mais rola onda, espero que por aqui por perto, pois se for para longe, haja euros para por gasolina no carango!

.

janeiro 16, 2005

Dois mil e cinco

.

Do passado tenho o conhecimento, do presente a experiência e do futuro esperança.

Vivo hoje tirando proveito e aprendizagem de cada segundo, reflito sobre tudo que acontece e ainda sim eu tenho uma grande dúvida sobre o que pode ser desse ano.

As experiências são tão aleatórias que o alcance dos meus planos se torna limitado. Sempre tenho boas idéias para futuros distintos.

O minha maior fonte de amor esteve comigo em dias maravilhosos que me fizeram lembrar de como é gostoso estar com pessoas que te amam, que te respeitam e acima de tudo te adimiram.

Sento e escuto o som da Banda Gertrudes e fico lembrando dos amigos juntos curtindo um som que vem da energia de todos. E com a Sonora vou mantendo esse ideal e criando canções para um interessante futuro.

Por outro lado tenho aqui um futuro baseado na realidade, onde o capital manda. Várias oportunidades de ganhar dinheiro batem a minha porta, boa parte para trabalhar com o que gosto.

O difícil é suportar uma relação de patrão e funcionário, em vez de tio e sobrinho!

.

janeiro 11, 2005

Até quando aguentarei esse @£#%$

.

Estou do lado de cá e já vão fazer 6 meses, durante todo esse tempo eu continuo a procurar o lado bom, pois sempre que encontro, a maior de todas as piores razões se destaca sobre a pequena razão positiva encontrada.

Saí de casa em busca de novidades e encontrei diversas, mas o tempo tem me oferecido, além disso, uma forte fonte de energias negativas que insiste em me detonar.

Vivo aqui somente com a promessa de riqueza material, mas nada... a maior de todas as fontes de amor veio e irá embora brevemente, e novamente viverei sem encontrar uma razão boa o suficiente para continuar a viver sozinho aqui.

Acordo, vivo e durmo com o patrão ao meu lado, na cabeça, na mente e mesmo quando sozinho o intercomunicador o faz presente para sermões e rabugices sem limites.

Que se lixe, nessa nova contagem de dias eu viverei com a mente isolada em minhas decisões até o dia que EU considerar ser suficiente.

Sempre tive carinho, amor, respeito e amizade... e voltarei a ter muito em breve!

.

Outras publicações