junho 17, 2011

Bitcoin Minning - Garimpando bits


Andei me aprofundando (deepbit minning) um pouco nesta moeda virtual, BitCoin e descobri em resumo que a criação desta moeda, ao contrario da de papel, é descentralizada (sem banco, nem governos para taxarem), feita por qualquer computador ligado na internet (e que tenha uma boa placa de vídeo) pode começar a garimpar os bits que começam a construir a sua moeda usando matemática.

Qualquer pessoa pode baixar gratuitamente um programa que funciona como sua carteira, onde você pode receber e pagar qualquer pessoa que também tenha esse programa, você pode fazer isso sem pagar nada a ninguém (a não ser a conta de luz e a de internet). O valor desses bitcoins (BTC) flutua como em um mercado de moedas, de acordo com a oferta e procura. Neste exato momento está em USD$ 16,00 por 1BTC, mas só hoje variou entre USD$13,00 e USD$18,00 cada cada 1 BitCoin.

Mas não é qualquer computador que pode fazer estes cálculos matemáticos, e de acordo com a galera de IT, i3, i5, i7, perde bonito para uma placa de vídeo ATI Radeon em fazer cálculos rápidos. E quanto mais capaz é a máquina para realizar estes cálculos, mais fácil ela pode criar um bloco de BitCoins, que vale 50 BTC, e isso acontece a cada 10 minutos dentro da rede que segura toda a existência desse sistema, que é uma rede P2P feita por milhares de computadores interligados e a todo momento eles recebem a informação da quantia total de BTCs na rede e as informações de transações.

Eu cavei um pouco mais e comecei a olhar se por acaso meu pc, que tem uma placa de vídeo NVidia 8600GT e processador Core 2 Duo 2.66 daria para participar da rede não só como uma carteira virtual, mas também como um miner. E descobri que a melhor forma é ter umm sistema operacional Linux, no meu caso estou usando um Ubuntu 11 e descobri que ele tem um desempenho de 5.5 MHash/s como Solo Miner e 14.20 em uma mining pool. Não me perguntem o que é o MHash/s que ainda não descobri, mas sei que é uma taxa de desempenho para os cálculos. Uma boa placa da ATI Radeon pode desenvolver até 780 MHash/s.

Logo obtive sucesso em configurar meu PC para garimpar os bits numa Mining Pool (Deepbit.net), uma rede de máquinas interligadas que criam uma super-máquina capaz de criar os blocos de 50 BTCs a cada 10 minutos, e se seu computador fizer parte da solução dos cálculos ele é presenteado com parte desse prêmio, podendo ser proporcional à capacidade da sua máquina, ou um valor fixo estipualo pelo mining pool que estiver usando, no meu caso, o Deepbit.net, a serra pelada virtual.

Logo que dei ENTER no terminal do Linux eu ouvi as ventuinhas do PC acelerando e o monitor mostrou que os dois processadores subiram de 2.5% para 100%, o termometro da placada de vídeo subiu e 45ºC para 89ºC, não da pra fazer mais nada no PC ele fica 100% dedicado para os cálculos da rede.

Durante esse tempo, eu comecei a analisar o desempenho da minha máquina (desempenho mediano-baixo) em criar os meus primeiros BTCs e após 5 horas e peguei os resultados e calculei. Ao observar os resultados eu percebi a profundidade da viagem que é a criação desses bits. De acordo com os relatórios meu PC participou da criação de 44 blocos, e dessa participação apenas 2,22% da vezes ele errou o cálculo, com isso ele gerou 0.00225711 BTCs. Sim é profundo, mas o mais interessante foram a profurndidade dos resultados de alguns calculos, por exemplo:

1. Participar na criação de 44 blocos que me deram 0.00225BTCs, quantos BTCs em média minha máquina criou em cada bloco?

- 0.00225BTCs/44Blocos = 0.00005113636363636....

2. Criar 0.00225 BTCs em 5hs, quantos BTCs minha máquina criou por hora?

- 0.00225BTCs/5Horas = 0.00045BTCs

3. E por final, quantas horas necessito para criar 1BTC nesse nível de desempenho?

- 5Horas/0.00225BTCs = 2.222,22222222222222222Horas....

Entendo que a matemática do simples propósito de criar uma moeda virtual parece profundo demais e meio inútil, mas definitivamente é melhor do que um milhonário egoísta com o dedo na impressora. O mais interessante é justamente a independência e descentralização do sistema, que está fazendo os banqueiros e o governo ficar com medo.

No fundo eu sou a favor de um mundo sem dinheiro, e sempre que falo isso com alguém, me chamam de utópico, mas definitivamente o sistema de BitCoins é muito melhor do que o atual baseado em papel e interesses político e econômicos, e pode sim vim a ser a ferramenta de transição para um futuro "utópico".

Inclusive, eu aceito doações, se você gostou dessa publicação pode doar quanto quiser para a conta:

- 1FXb5CqjsU2FDHT2s4icnrSbBufDxjfVVh

Qualquer pessoa pode participar da rede, basta acessar Bitcoin.org e baixar o Software Client, que é a carteira, que permite transações de BTCs, funciona em Windows, Linux e MacOS.

Um comentário:

Telmo Machado disse...

Boa noite, minerando em grupo ja ajuda, mas para mineirar sozinho? que programa se usa?

Outras publicações